O canto do amor

 

 

No Salmo 149 versículo primeiro, se reza: Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembléia dos fiéis.

Somos convidados a cantar um canto novo ao Senhor. O homem Pascal, o homem novo conhece o canto novo. O canto é uma manifestação de alegria e, se examinarmos bem, é uma expressão de amor. Quem aprendeu a amar a vida nova, a vida no Ressuscitado, aprendeu também a cantar o canto novo. É pelo canto novo que devemos reconhecer o que é a vida nova. Tudo isso pertence ao mesmo Reino: O homem novo, o canto novo, a aliança nova.

Não existe ninguém que não ame. A questão é saber o que se deve amar. Não somos convidados por Jesus a não amar, mas sim a escolher o que havemos de amar. Mas o que podemos escolher, se antes não formos escolhidos? Diz o Profeta Jeremias: Antes que no seio de nossas mães fossemos formados, Deus já nos conhecia e nos amava. Porque não conseguiremos amar, se antes já fomos amados !! ... Escutemos também o que nos fala o Apóstolo João: Nós amamos porque ele nos amou primeiro (Cf 1Jo4,10). Saiamos a procura da resposta: Como o homem pode amar a Deus? Não encontraremos outra resposta senão esta: Deus nos amou primeiro. Deu-se a si mesmo aquele que amamos, deu-nos a capacidade de amar. Como ele nos deu esta capacidade? O Apóstolo Paulo nos responde claramente: O amor de Deus foi derramado em nossos corações. Por quem? Por nós? Não. Então por quem? Pelo Espírito Santo que nos foi dado (Cf Rm 5,5).

Tendo, portanto, uma tão grande certeza, amemos a Deus com o amor que vem do próprio Deus. Escutemos uma vez mais as sábias palavras do Apóstolo João: Deus é amor, quem permanece no amor, permanece com Deus, e Deus permanece com ele. (1Jo 4,16). E ainda: O amor vem de Deus (1Jo 4,7).

Deus se oferece a nós pelo caminho mais curto. Clama para cada um de nós: Amai-me e me possuireis, porque não podeis amar-me se não me possuirdes.

Ó estimados leitores, que renascestes em Cristo para uma vida nova, por meio do arrependimento e da conversão, ouvi-me, ou melhor, ouvi através do meu convite: Cantai ao Senhor Deus um canto novo (Sl 149,1). Já estás cantando? Aleluia!!! Oxalá, a tua vida não dê testemunho contra tuas palavras...

Cantai com a voz, cantai com o coração, cantai com os lábios, cantai com a vida. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembléia dos fiéis. Queres saber que louvores irás cantar? O louvor de quem canta é o próprio cantor.

Quereis cantar louvores a Deus? Sede vós mesmos o canto que ides cantar. Vós sereis o seu maior louvor, se viverdes santamente. Pois foi o próprio Deus quem disse: Sede santos, porque eu o Senhor, vosso Deus, sou Santo (Lv 19,2). Cantemos louvores a Deus, nosso hino ao Senhor entoemos!...

________________________________________

Fonte Inspiradora: Sagrada Escritura e Liturgia das Horas

Colaboração: Pe. Reinaldo

 

 

 

 

 

 

 

 

<< Voltar

 

 

free counters