Comunicação e Cidadania

 

Atualmente as notícias chegam a tempo real de qualquer lugar do mundo. Foi à época em que uma notícia demorava dias para chegar até o destinatário. E muito mais do que isso, a notícia se espalha rapidamente.

Contudo, os meios de comunicação têm que assumir sua função social e buscar transmitir a notícia com imparcialidade e com comprometimento com a verdade.

O poder que os meios de comunicação têm nas mãos é impressionante, pois leva conhecimento, formação, informação e são formadores de opinião. Qualquer notícia ou informação veiculada, dependendo da forma que for recepcionada pelo público, pode gerar o bem ou o mal de maneira instantânea.

É por isso que nós temos sempre que avaliar a notícia que está sendo veiculada, se a fonte é segura, se os fatos narrados condizem com uma realidade possível, e, como e, se esta notícia está sendo veiculada por outros meios de comunicação.

É fato que os grandes meios de comunicação tem o "poder" de eleger políticos, de "condenar" pessoas antes mesmo do julgamento do poder Judiciário, dentre outras práticas abusivas. Por outro lado, existem meios de comunicação que levam a sério sua função social e propagam excelentes matérias de caráter social, informativo, de formação e de interesse da sociedade como um todo, sem atender a interesses particulares ou visando benefícios inescrupulosos. Poderíamos citar aqui as TV´s católicas como Canção Nova, Século XXI, TV Aparecida, entre outras e também canais abertos como TV cultura, etc.

Assim, todas as pessoas têm o dever de cobrar dos meios de comunicação uma postura ética quando da veiculação de notícias e também criticar e protestar contra as empresas que se utilizam dos meios de comunicação em benefício próprio. Pode-se deixar de adquirir produtos desta empresa, denunciar as práticas abusivas por ela praticadas e comunicar a todas as pessoas conhecidas, bem como praticar outras formas pacíficas e legais que encontrar para retirar do mercado essas empresas mal intencionadas.
Ora, não podemos deixar de anunciar nosso senhor Jesus Cristo e de proliferar a cultura cristã por esse mundo à fora, não podemos nos calar, pois a palavra de Deus é clara, ao dizer que se nos calarmos as pedras falarão em nosso lugar.

Uma vez um Santo Padre disse uma frase que temos que meditar e colocar em prática "Não tenho medo do barulho dos maus, mas sim do silêncio dos bons"

Precisamos estar atento também ao conteúdo das informações que entram em nossas casas, seja pela televisão, rádio, jornal, revista e principalmente pela internet. Não podemos deixar que esses meios de comunicação mudem nossos valores cristãos, pois nós é que temos que mudar o mundo e não nos amoldarmos a ele.

Ser cristão hoje em dia é nadar contra a correnteza, precisamos estar atentos e acolhermos a exortação feita em Romanos 12, 2: "Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, a saber, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito."

 

ALYSSON DE SOUZA OLIVEIRA
MEMBRO DA PASCOM

 

 

 

 

 

 

<< Voltar

 

 

free counters