Mensagem que a Paróquia Nossa Senhora do Carmo apresentou ao Padre Donizete, por ocasião de sua chegada

 

Exmo Revmo. Dom Miguel Ângelo Freitas Ribeiro, nosso Bispo diocesano, Revmos. Padres aqui presentes, diáconos, seminaristas, freiras e autoridades, cumprimentando-os, peço licença para dirigir algumas palavras ao nosso novo Pároco, pe. Donizete Antonio de Souza, em razão de sua posse em nossa Paróquia Nossa Senhora do Carmo.

 

Caro Padre Donizete,

É com muita alegria que a Paróquia Nossa Sra do Carmo o recebe como pároco nesta paróquia.

Seja muito bem vindo.

Já sabemos que o sr. possui um coração de fogo pela caridade que o incendeia e um coração de bronze pela castidade que o tempera.

A presença desta assembléia que lota a Matriz de Nossa Sra do Carmo forma como que uma coroa de corações à sua volta para lhe fazer sentir o júbilo por sua presença no meio de nós.

A partir de hoje, entre nós, o senhor será membro de cada família, compartilhará conosco todos os sofrimentos e alegrias; penetrará todos os nossos segredos e derramará bálsamo em todas as nossas feridas.

Apresentar-se-á a Deus em nosso nome oferecendo-Lhe nossas preces e voltará a nós para comunicar-nos o perdão de Deus e a esperança.

Que o sr. possa nos ensinar, perdoar, consolar e abençoar.

Como Deus o amou e assim o chamou para compartilhar com Ele todo o mistério da salvação, que o sr. seja sinal de Deus inserido sacramentalmente nessa missão apostólica e missionária, sendo alguém que nos ajude a interrogar-nos sobre o sentido da nossa vida e da nossa história;

Ajude-nos a descobrir um modo feliz de viver o drama da condição humana e a celebrarmos a presença da Santidade de Deus no concreto do nosso dia a dia.

Sabemos que as mudanças de párocos sempre geram sentimentos ambivalentes tanto nos padres quanto nos membros das paróquias envolvidas.Tanto o padre que chega como o que sai, ambientado em uma comunidade e conhecendo a realidade dessa em suas virtudes e limitações, está próximo de seus paroquianos,das pastorais, movimentos e obras sociais, ai sentindo-se geralmente confortável, acolhido e seguro no exercício do ministério sacerdotal, ainda que se depare diariamente com diversos tipos de dificuldades a superar.

Ao receber a convocação do bispo e em virtude da obediência abraçada o senhor ofereceu o seu consentimento ao chamado. Desinstalou-se...

E sabemos, isso dói.

Mas ao mesmo tempo, instigado em sua vocação missionária, o senhor, como sacerdote aceitou assumir os desafios desta nova comunidade que abraça e meio que tateando nos primeiros tempos sabemos que a vai conquistar e sendo por ela conquistado.

Se nas mudanças os padres têm aflições, também nós os membros das comunidades carregamos as nossas, mas tenha a certeza de que nosso coração está aberto, como o coração de Jesus para recebê-lo como nosso novo pároco.

Saiba que criamos expectativas novas e, em contido entusiasmo, ficamos ansiosos aguardando a sua chegada. A chegada deste nosso novo pastor.

Temos uma certeza:

Em tudo o que acontece com a Igreja nas suas várias instâncias, a mão de Deus prevalece como o fio condutor.

Nessa perspectiva de fé queremos oferecer o nosso apoio e ajuda!

Queremos estar com o Sr, nosso novo pastor e do senhor ouvir a voz a nos orientar para caminharmos juntos e em plena sintonia.

Oferecemos ao senhor o nosso carinho, amizade e disponibilidade no dia-a-dia da vida comunitária.

Queremos somar e multiplicar, como convém ao povo de Deus.

Desejamos

Que o sr viva com entusiasmo os ensinamentos de Cristo propagando o amor fraterno e promovendo a partilha na comunidade.

Que o sr. seja mensageiro da Boa Nova, alimentando a nossa fé na presença viva de Jesus na Eucaristia;

Que como Moisés, abra caminhos de esperança...

Que o sr. deixe-se seduzir todos os dias e momentos da vida pelo amor infinito de Cristo fazendo também com que esse amor seduza o coração dos filhos de Deus e nossos irmãos;

Que o sr. transforme em flores os espinhos que poderão ser encontrados nesta caminhada e as pedras em degraus para subir até Deus;

...as dores e o cansaço em alegria, fé e otimismo;

Que o sr. deixe transparecer no seu rosto o brilho de Jesus para que todos possam dizer: Olhando para você, vi refletido Jesus.

E que o sr. possa exercer a sua missão no meio de nós com muito amor, oração, fidelidade, prontidão e que através das suas mãos ungidas, possa derramar as suas bênçãos em nosso meio. Seja bem vindo entre nós e conte conosco, padre Donizete.

E à Sra. Sua mãe, desejamos que se sinta acolhida em nossa comunidade e agradecemos o cuidado com que ela o acompanha ao longo do caminho de sua vida sacerdotal.

Que ela também seja muito bem-vinda.

 

 

 

 

 

 

<< Voltar

 

 

free counters