Santíssima Trindade: A melhor comunidade

 

O ser humano não foi criado para viver só, mas em comunidade. Na própria criação Deus criou o homem a sua imagem e semelhança (Gn 1,26), a semelhança de um Deus que é uma perfeita comunidade de amor. Podemos notar que desde os inícios está a comunidade intrínseca ao homem.

No entanto, percebemos no mundo de hoje uma deformidade, onde encontramos pessoas individualistas voltadas para si mesmas, sem preocupação com seu próximo. Claro que isso só poderia levar a uma sociedade extremamente pessimista, egoísta e profundamente cheia de um vazio que parece nunca ter fim.

Precisamos volver o nosso olhar para as nossas origens, e ainda mais ousadamente para o mistério da Santíssima Trindade, onde o Pai é Amor, o filho é amor, o Espírito é Amor (Bento XVI). E se somos criados a imagem e semelhança de Deus que é puro amor, nós homens e mulheres precisamos dar forma a nossa deformidade dos tempos de hoje.

Santo agostinho nos fala que o Pai se doa todo para o Filho e o mesmo se abre por inteiro para recebê-lo. Ao mesmo tempo o Filho se doa todo para o Pai e este se abre por inteiro para recebê-lo. A comunhão deste amor é derramada em nossos corações na Pessoa do Espírito Santo (Rm 5,5). É desse amor que necessitamos ser abastecidos para que tenhamos a possibilidade de levá-lo para os irmãos. É necessário olharmos para a perfeita comunidade de amor para começarmos transformar a nossa comunidade paroquial.

Claro que Deus é perfeito e nós somos imperfeitos mas já possuímos dentro de nós a centelha de um Deus Uno e Trino que é puro amor e isso nos basta para combater o egoísmo, o individualismo que corroem a sociedade. Precisamos ser reflexo e espelho dessa comunidade de amor, a começar em nossa primeira comunidade, a família, e dela espalharmos a perfeição do Amor as nossas pastorais e movimentos paroquiais e por que não em nossa cidade e por todo o mundo?

Quero terminar esta reflexão com as palavras do Santo Padre Papa Bento XVI por ocasião da solenidade da Santíssima Trindade, a prova mais forte de que estamos feitos a imagem da Santíssima Trindade é esta: só o amor nos faz felizes, pois vivemos em relação e vivemos para amar e sermos amados.

Deste modo, o Papa conclui: O ser humano tem no próprio "genoma" um profundo selo da Trindade, do Deus Amor.

 

Texto: Wanderson José Moreira

 

<< Voltar

 

                                                                             free counters