Origem da devoção a São José Operário

O dia 1º de Maio é o Dia do Trabalhador e da festa de São José Operário. O Dia do Trabalhador tem uma história triste, está ligado ao massacre dos operários de Chicago. Diante da situação desumana a que eram submetidos, os trabalhadores, em número de uns 340 mil, se revoltaram, cruzaram os braços e exigiram mudanças radicais. Durante o confronto, seis deles foram assassinados e cinqüenta ficaram gravemente feridos. São José, esposo de Maria, era carpinteiro. Ao propô-lo como modelo e protetor dos operários, a Igreja quer que todos reconheçam a dignidade do trabalho e que o trabalhador seja respeitado enquanto pessoa humana e colaborador de Deus na obra da criação: Por Cristo, único Mediador, participa a humanidade da vida trinitária.

Cristo hoje, sobretudo por sua atividade pascal, nos leva a participar do mistério de Deus. Por sua solidariedade conosco, nos torna capazes de vivificar pelo amor nossa atividade e transformar o nosso trabalho e nossa história em gesto litúrgico, isto é, de sermos protagonistas com ele da construção da convivência e das dinâmicas humanas que refletem o mistério de Deus e constituem sua glória que vive (DP 213).

 

ORAÇÃO

PRECE PELO TRABALHADOR

Ó glorioso São José, que velaste a tua incomparável e real dignidade de guarda de Jesus e da Virgem Maria, sob a humilde aparência de artífice, e com o teu trabalho sustentaste as suas vidas, protege com amável poder os teus filhos que estão a ti confiados. Tu conheces as angústias e sofrimentos deles, porque tu mesmo experimentaste isto ao lado de Jesus e de sua Mãe. Não permitas que, oprimidos por tantas preocupações, esqueçam o fim para que foram criados por Deus; não deixes que os germes da desconfiança lhes dominem as almas imortais. Recorda a todos os trabalhadores que - nos campos, nas fábricas, nas minas e nos laboratórios da ciência - não estão sós para trabalhar, gozar e servir, mas que junto a eles está Jesus com Maria, Mãe sua e nossa, para os suster, para lhes enxugar o suor e mitigar as fadigas. Ensina-lhes a fazer do trabalho, como fizeste tu, instrumento altíssimo de santificação (João XXIII).

 

 

 

 

 

 

 

 

free counters